Poeta Pedro Cesário, 240 A - Centro, Pacajus - Ceará | Fone: (85) 3348.0284

Paróquia Nossa Senhora da Conceição Pacajus - Ceará

A dimensão missionária do dízimo

Compartilhe esta postagem no:

Por: paroquiapacajus

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Na continuidade de artigos sobre as dimensões do dízimo, home trataremos da Dimensão Missionária.

O dízimo como meio de sustentação da ação evangelizadora da Igreja, tem como destinação significativa, investimentos na formação e capacitação de evangelizadores e evangelizadoras.

A ação missionária da Igreja preconizada pelo Papa Francisco, na Exortação Apostólica “Evangelii Gaudium” como uma “Igreja em saída” deve contemplar a todos os povos que conheçam e façam a experiência de Deus. Desta maneira todos nós batizados temos o compromisso de participar desta missão.

A evangelização obedece ao mandato missionário de Jesus: “Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. – Ensinai-os a observar tudo o que vos tenho ordenado”(Mt 28, 19-20)

“A paróquia é presença eclesial no território, âmbito para a escuta da Palavra, o crescimento da vida cristã, o diálogo, o anúncio, a caridade generosa, a adoração e a celebração. Através de todas as suas atividades, a paróquia incentiva e forma seus membros para serem agentes da evangelização. É comunidade de comunidades, santuário onde os sedentos vão beber para continuarem a caminhar e centro de constante envio missionário” (EG …28)

“Para a evangelização não servem apenas as propostas místicas desprovidas de um vigoroso compromisso social e missionário, nem os discursos e ações sociais e pastorais sem uma espiritualidade que transforme o coração.” (EG …262).

Na perspectiva do compromisso de cada cristão e de acordo com seus talentos, percebe-se a necessidade de um envolvimento verdadeiro às causas do Reino. Cada cristão batizado é convidado a participar da evangelização: através do seu trabalho voluntário na Igreja, em alguma pastoral ou movimento. Entretanto nem todos tem esta disponibilidade ou mesmo facilidade de anunciar, mas todos podem participar sobretudo com sua participação financeira através do dízimo e oferta, pois quem colabora com a missão tem méritos de missionário. Missão se faz com os joelhos que se dobram, com os pés dos que se vão e com as mãos dos que se doam.

Baixe o Material para os encontros

Faça o download do roteiro para os encontros do dízimo, clicando na imagem abaixo:

Semana do Dízimo em Pacajus

 

A dimensão missionária do dízimo tem por finalidade contemplar todas as demandas financeiras para que a evangelização aconteça de modo pleno na Igreja de Cristo. Sabemos entretanto, que arrecadação financeira com o dízimo e ofertas ainda está muito aquém das necessidades requeridas para o dinamismo pleno da evangelização. Por isso são realizadas campanhas, para suprir as lacunas financeiras, ou quando às vezes são canceladas ou reduzidas as oportunidades de participação de membros da comunidade em eventos tão importantes para a sua formação pastoral.

Por isso cada cristão fiel à sua Igreja, deve se questionar como está sua relação de fidelidade para com a sua comunidade. Não existimos para nós mesmos! Existimos para comunicar aquilo que vimos, aquilo que ouvimos no encontro com o Ressuscitado! Os apelos à nossa participação são claros, por isso devemos assumir com responsabilidade a nossa pertença à Igreja e oferecer integralmente nosso dízimo, para que haja alimento da Palavra na Casa de Deus.

É importante considerar que, na dimensão missionária, o fiel, corresponsável por sua comunidade, toma consciência de que há muitas comunidades que não conseguem prover suas necessidades com os próprios recursos e que precisam da colaboração de outras. O dízimo permite a partilha de recursos entre as paróquias de uma mesma Igreja particular e entre as Igrejas particulares, manifestando a comunhão que há entre elas.

De fato, em cada Igreja particular, na comunhão com as demais, está presente e atua a una e única Igreja de Cristo. O dízimo contribui para o aprofundamento da partilha e da comunhão de recursos em projetos como o das paróquias-irmãs e o do fundo eclesial de comunhão e partilha, no âmbito da Igreja particular; e nos projetos “Igrejas-irmãs” e “Comunhão e Partilha”, em âmbito nacional.

O Papa Francisco tem insistido: “Só podemos nos considerar cristãos de fato se, como Jesus, irmos ao encontro de todos para anunciar, sem imposição, quem é Jesus e no que consiste o Evangelho por Ele anunciado”.

Em resumo, na dimensão missionária, parte do dízimo deve ser investido nas missões, tanto aquelas a serem realizadas na própria comunidade, como aquelas a serem efetivadas fora da comunidade.

Como comunidade e evangelizada e evangelizadora, possamos então colaborar com o dízimo para a propagação da Palavra de Deus a todas as pessoas.