Poeta Pedro Cesário, 240 A - Centro, Pacajus - Ceará | Fone: (85) 3348.0284

Paróquia Nossa Senhora da Conceição Pacajus - Ceará

Bodas de Brilhante – 75 anos de paróquia

A paróquia de Nossa Senhora da Conceição estará celebrando no dia 03 de fevereiro 75 anos de sua criação.

Foi por decreto de Dom Manoel, Arcebispo Metropolitano que a capela de Guarani foi elevada a dignidade de paróquia. Assim escreveu Dom Manoel em seu decreto:

“Considerando que a Paróquia de Aquiraz, com o desenvolvimento da capela de Guarani, se tornou pesada para um só pároco; e que a referida capela de Guarani tem necessidade de um padre residente; de outro lado, considerando que, para separá-la de Aquiraz sem prejudicar esta paróquia, é preciso ajuntar a seu território uma parte da paróquia de Cascavel mais próxima de guarani do que da cidade de Cascavel; Resolvemos criar canonicamente a Paróquia de Guarani, elevando sua capela à dignidade de matriz”.

Com certeza esse acontecimento marcou profundamente a alma dos moradores da cidade gerando alegria e compromisso com a nova situação de igreja, a nova paróquia. Seu primeiro pároco, Pe. Coriolano, foi determinante para que isso acontecesse, haja vista que o mesmo tinha simpatia por estas terras palco de muitas disputas, até nossos dias. Aqui viveu longos anos influenciando na educação de várias gerações. Homem de visão e bastante empreendedor contribuiu muito com desenvolvimento de Guarani, hoje, Pacajus. Faleceu no dia do seu aniversário, 27 de dezembro de 1993.

A população da cidade cresceu bem como a paróquia de Nossa Senhora da Conceição, fazendo-se necessária a criação de outras paróquias como: São João Batista, em Horizonte, Santa Terezinha, em Chorozinho e a recente criação da Paróquia Nossa Senhora de Fátima com sede em Lagoa Seca, Pacajus. São muitos os sinais luminosos ao longo desses setenta e cinco anos.

Hoje temos consciência dos enormes desafios a enfrentar para levar adiante o projeto de Jesus Cristo num mundo marcado por indiferentismo religioso; empobrecimento das pessoas com relação a valores eternos; falta de sentido na vida de muitas pessoas materializadas, coisificadas ou desumanizadas; a família cristã clama por socorro; a nossa catequese já não corresponde à realidade da evangelização hoje. Faz-se mister desenvolver uma catequese de inspiração catecumenal que ajuda o catecúmeno a fazer um caminho de busca, encontro, conversão, comunhão, missão e transformação. A preocupação não deverá ser em receber os sacramentos (sacramentalização), mas em fazer a experiência do seguimento de Jesus Cristo: discípulo missionário.

Para marcar esse acontecimento realizaremos nos dias 01, 02 e 03 de fevereiro um tríduo comemorativo com celebrações, apresentações culturais e confraternização, Contamos com a presença de todos que participaram dessa história ou que queiram participar daqui pra frente.

Parabéns a todos os pacajuenses que marcaram presença nesta Igreja e que permanecem fiéis.


Pe. Adair Abreu

Pároco